Viagem para Salvador – Carnaval


Oi oi pessoal

Hoje vou falar aqui no blog sobre uma das experiências mais legais da minha vida: curtir o carnaval em Salvador!!!




Conhecido por ser o carnaval mais animado do Brasil, com tradição de trios elétricos, muito axé e energia, Salvador é uma capital incrível, com uma energia baiana contagiante.

Fui com minha amiga Karina Cordeiro, que já conhecia o carnaval de lá. Quando ela me deu a ideia de ir pra Salvador no Carnaval eu achei loucura e não aceitei, depois pensei, repensei e decidi: eu vou! Sempre tive o sonho de passar um Carnaval por lá, mas nunca tinha ido atrás para tentar realizar essa vontade.

Muita gente veio me perguntar como foi, se paguei caro, qual camarote fiquei, os gastos da viagem e tudo mais. Portanto, resolvi fazer um post para explicar direitinho.

Hospedagem:

Não gastamos com hospedagem pois ficamos instaladas na casa da família da Karina. O condomínio era perto do aeroporto e também não ficava muito longe do Campo Grande, mas era um pouco longe do circuito Barra-Ondina.

Preciso dizer que fui muito bem tratada por toda a família, são todos uns amores e costumo dizer que o povo nordestino tem um coração que não cabe neles, fica aqui registrado todo meu carinho para vocês neste post!

Passagem Aérea:

Fomos pela Gol e voltamos pela Latam. Não vou falar valores, pois o preço da passagem aérea varia muito, mas ressalto que compramos em cima da hora para a data (no dia 8, a viagem já seria no dia 25) e não pagamos caro se tratando de carnaval em Salvador.




Tivemos um pequeno contratempo e quase perdemos o voo. Na sala se embarque a companhia aérea Gol chamou os passageiros das poltronas dos números 20 ao 30, pedindo para que o restante permanecessem no aguardo. Como nossa poltrona era número 15, continuamos esperando os funcionários chamarem.

Estava quase dando o horário do voo, era 18:30 - o voo estava marcado para 18:35 - quando resolvemos nos informar no guichê da Gol sobre o embarque e a funcionária nos alertou: "Já estamos finalizando!" Saímos correndo e conseguimos pegar o avião! Ufa! Até fizemos amizade com a querida Cecília, que depois, foi para o camarote Planeta Band curtir com a gente.

Na volta, pelo voo da Latam, tudo nos conformes, exceto um atraso no voo devido à falta de sistema na operação do aeroporto de Salvador. A saída prevista era para 6:20 da manhã mas acabamos embarcando às 7:00. Preciso dizer que estávamos cansadas? Rs Porém, eu particularmente prefiro viajar pela Latam, acho o tratamento diferente, os comissários são sempre simpáticos, enfim...questão de gosto.

Camarotes:

Ficamos em três camarotes;

- No domingo fomos para o camarote Casa da Barra, próximo ao Farol da Barra e tinha um vista ótima. Este camarote foi mais simples em relação à estrutura, mas era open bar, tinha segurança, banheiro, salão de beleza, aulas de dança, customização de abadá.
Valor: cerca de R$ 250 (os preços variam conforme os lotes e data da compra)





- Na segunda-feira, fomos para dois camarotes. O primeiro, o da Polícia Militar, no bairro Campo Grande, aonde passaram alguns trios também, no mesmo esquema do circuito Barra-Ondina. O local era bem grande, tinha uma vista maravilhosa, open bar, também customizava abadá, teve um show muito bacana de um grupo baiano, distribuição de brindes e os banheiros eram químicos.
Este ganhamos da família da Karina




Saindo do camarote da Polícia, fomos para o circuito Barra-Ondina, desta vez para o camarote Planeta Band, que fica mais próximo de Ondina. Este foi sensacional, o melhor camarote que fomos. Estrutura impecável, organização ótima, teve um show incrível do Carlinhos Brown dentro do camarote, tinha salão de beleza, massagem, cinema, open bar e restaurante.
Valor: R$ 430,00 (segunda-feira com Open Bar)






Diferenças entre camarote, bloco e pipoca:

Camarote: Vista privilegiada para todos os trios e lugar seguro com banheiro e estrutura;

Bloco: Por incrível que pareça, é mais caro ir no bloco atrás do trio (ou na frente do trio também), dentro das cordas. Quem é muito fã de determinado artista, paga mais caro pelo abadá para ir no chão durante todo o circuito. Tem que ter coragem e pique;

Pipoca: Quem quer curtir o trio mas não vai de abadá e fica fora das cordas durante o percurso, também exige muito mais pique e coragem.

Taxi:

O transporte que mais utilizamos lá foi o taxi. Lá os taxistas utilizam a bandeira 2 durante todo o período de carnaval na cidade e não tivemos problema nenhum.
Eu uso muito o Uber em São Paulo, porém, a saída dos circuitos eram cheias de pessoas e como todo lugar, ainda mais em época de carnaval, acabava sendo mais perigoso ficar com celular na mão.

Como para chamar Uber o procedimento é feito pelo celular, optamos em entrar no primeiro táxi disponível e ir para casa em segurança. Preço feito pelo taxímetro, tudo bem justo. Gastamos mais para ir pois pegamos muito trânsito na chegada do circuito, o que é normal em horário de pico, afinal, a tarde era a hora em que todos iam pra lá, causando grande congestionamento nas vias.

A cidade

Salvador é uma cidade maravilhosa, tive o prazer de conhecer em Maio de 2015 e consegui "turistar" pelos pontos principais e pegar uma praia.


Porém, em época de carnaval, o foco é a folia mesmo pois a cidade fica congestionada nas ruas próximas aos circuitos. Não tivemos tempo de ir para a praia, ficamos pouco tempo lá e o ritmo foi frenético.

Para vocês terem uma ideia, mal dormimos, porque chegávamos tarde da folia e levantávamos cedo para curtir o dia. Na última noite, saímos do camarote 2:30 da manhã, fomos para a casa aonde estávamos hospedadas, pegamos as coisas, o taxista marcou as 4:00 da manhã lá e de lá fomos para o aeroporto pegar o avião.


Foi corrido? Foi!
Foi cansativo? Foi!
Mas foi uma experiência única e incrível. Eu fui na intenção de "Ah, vou ver como é o carnaval lá e depois nunca mais gasto dinheiro com isso".
Erro meu, voltei já pensando em quais camarotes irei ficar no ano que vem!

Para quem gosta de música brasileira, festa, folia, energia boa, o carnaval em Salvador é perfeito!!!

Ah, além de muitas fotos, fiz alguns vídeos para tentar mostrar um pouco da viagem, porém, estou em processo de edição e assim que estiver finalizado, aviso aqui para vocês!

Beijos e bom final de semana

"Lá da terra da alegria
Tudo é sempre fantasia
Tudo é sempre carnaval..."
(Obediente - Ivete Sangalo)





Comentários

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Postagens mais visitadas deste blog

Me rendi ao batom azul

Benefícios da caminhada

Modinhas do momento: curte ou não curte?